Olá meus amores!

Hoje venho falar com vocês sobre estética. Eu observo o envolvimento de vocês com esse tipo de matéria e é unânime, vocês amam. Por isso trago hoje um relato pessoal e algumas soluções para evitar, retirar e/ou diminuir as gordurinhas de baixo do pescoço.

Vamos por partes (como diria Jack). Antes de qualquer coisa é preciso ficar atento; A famosa “papada” pode não ser somente simples gordurinhas locais. O crescimento ou inchaço dessa área pode estar vinculada a doenças, como hipertensão, diabetes, colesterol alto, hormônios desregulados, etc. Visto que está tudo em dia com a sua saúde, podemos começar com algumas técnicas verídicas que podem auxiliar em sua batalha.

Conforme o estudo divulgado no portal “Melhor com Saúde”; Até os 28 e os 30 anos de idade, nossos níveis hormonais de gordura são relativamente baixos em comparação com os anos posteriores.

O acumulo de tecido gordurosos (papada) pode ser combatido em 3 passos, sem a necessidade de cirurgia plástica (aliás, caso alguém já tenha feito algum tipo de operação deste tipo, deixe sua experiência nos comentários), a maioria das dicas fala sobre a regularização de alguns setores de nossa saúde que as vezes passa despercebido.

1° Combater a Retenção de Líquidos:

O consumo de álcool, açúcar e sal em excesso está relacionado com o desenvolvimento da incômoda papada. Esses ingredientes aumentam o tecido gorduroso e também causa retenção de líquidos

Um organismo desidratado é mais propenso a reter líquidos do que outras substâncias nocivas.

2° Combater qualquer tipo de Intolerância Alimentar:

Pessoas que sofrem de intolerâncias alimentares como, por exemplo, sensibilidade ao glúten e síndrome do intestino irritável, têm mais risco de desenvolverem papada no futuro.

A Fundação Internacional para os Transtornos Gastrointestinais Funcionais diz que, não está muito clara a causa da inflamação, mas os gases no intestino parecem ter muito a ver com as intolerâncias.

3° Exercícios específicos:

Todo tipo de alongamento na área superior será válido caso você opte por diminuir suas ‘papadas’ da maneira mais sensata e natural possível. É importante ressaltar a importância de levar como um tratamento. Seu músculo precisa acostumar com o habito e movimentos, para que quando esteja trabalhando sozinho saiba qual trilha prosseguir.

Você pode trabalhar com movimentos simples, como: Mover a cabeça de um lado, para o outro. Mover a cabeça para trás de modo que visualize o teto, estique o máximo que conseguir (SEM ULTRAPASSAR SEUS LIMITES). Por último, mova a cabeça em direção ao peito, mantendo um palmo de espaço entre seu queijo e seu peito. Faça 10 vezes as repetições, diariamente. É uma regra simples, quando mais faz, mais resultado, mais felicidade. Risos!

Um beijo e até a próxima!